Coletividades

Coletividades

Associação Cultural de Recardães

orfeao-recardaes2Morada: Rua da Junta, Edificio da Junta, n.105, 3750-721 Recardães

Contribuinte: 501932321
Contato:
917 548 843 (Manuel Oliveira)
Correio electrónico:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Site:
http://www.orfeaoderecardaes.com

 

 

 

A Associação Cultural de Recardães dispõe atualmente de 3 valências corais: ORFEÃO, OMNI ANIMO e VOCAL’ARTE

O Orfeão da Associação Cultural de Recardães nasceu em 21 de Novembro de 1986. Constituído por cerca de 35 vozes mistas, dum grupo socio-etário diverso, conta mais de duas centenas de atuações em Portugal, Espanha e França.
Mentor e promotor dos Encontros de Coros da Bairrada, organizou a primeira edição em 18 de Março de 1995, mantendo-se participante indefetível de todas edições seguintes.
Esteve presente, em V.N. de Gaia, no 1º Encontro de Coros do Norte. Várias vezes tem participado na realização de concertos corais sinfónicos — nomeadamente acompanhando as bandas Nova de Fermentelos, Castanheirense, Alvarense, a da Sociedade Musical Vouzelense, a dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo – Música Nova, Marcial de Fermentelos, União Pinheirense, União Sanjoanense, Banda Visconde de Salreu. Em 2002, integrou o conjunto de sete grupos polifónicos que acompanharam a Banda Alvarense na gravação de “Contos da Lua Nova” e “1812 – Tomada de Moscovo”. Em 2007, 2009 e 2010, participou em “Rio Povo” e “Povo Que Lavas no Rio”, espetáculos etno-musicais realizados no rio Águeda, que beneficiaram de importante colaboração interassociativa concelhia.
O intercâmbio musical tem sido feito com coros de todo o país, de Espanha (Ciudad Rodrigo, Salamanca, Valladolid, Saragoça, Atios, Carballiño, Naron, Laxe, Moaña, Bueu, Bolo, León, Ourense, Foz, Mos, Sobrado do Bispo) e de França, merecendo referência especial os organizados com fins solidários: em 2005, a favor das vítimas do “tsunami” no extremo oriente; em 2006, em Valladolid, em apoio a crianças carenciadas da América Latina; em 2010, ao lado da Associação ACHAR.
Em Junho de 2003, participou no concerto integrado no 10º aniversário da Escola Prática da GNR, em Queluz.
Em Outubro de 2008 esteve com os coros do concelho de Águeda no concerto de homenagem ao poeta aguedense Manuel Alegre, acompanhando a Banda Marcial e cantando poemas do autor. Em 2010 integrou o espetáculo “ALMA” sobre obra homónima do mesmo autor.
Por ocasião do XI Encontro de Coros de Viana do Bolo (2010), cantou na Igreja do Santuário da Virgem das Ermitas — tendo sido convidado a dar aí novo concerto, de solidariedade com a Associación de la Virgen de las Ermitãs, a favor da preservação do templo.
Promovendo a descentralização cultural, tem organizado anualmente, desde há dez anos, o “Encontro das Rosas”, que se realiza alternadamente nas freguesias do concelho de Águeda e em que participam outros grupos corais e bandas filarmónicas convidados.
Participou em 2017 nos dois espetáculos de reposição da cantata “Alma” com letra baseada em obra homónima do poeta Manuel Alegre e música do maestro Luís Cardoso.
Em Março de 2013 organizou o XIX Encontro de Coros da Bairrada.
Edições – CD gravado ao vivo com a Banda da Sociedade Musical Vouzelense; CD Concerto da Liberdade (gravado com outros corais e a Banda Alvarense; CD Alma (registo do concerto coral sinfónico – Novembro 2008); CD Canto 1 (2007): Orfeão da Associação Cultural de Recardães “a cappella”.

 

btm-presidente-off

btm-npolicia-off

btm-historia-off

btm-contactos-off

btm-eleitor

btm-natalidade-off

avaria-iluminacao

voluntario-off

S5 Box